Simões Filho: Encontrado estudante de 12 anos que estava desaparecido; entenda

Postado em Atualizado em

Redação: Rede Imprensa | Marcos Castelli

Finalmente uma notícia feliz. “Deus concedeu sim, a benção do reencontro”

Depois de muita preocupação da família, amigos e solidários que compartilharam nas redes sociais, a notícia do desaparecimento do estudante Felipe Chagas de Souza, 12 anos, ele foi encontrado e já está de volta ao seio de sua família.

20430124_257015401469902_8218981552593706714_n

Em contato com o “Rede Imprensa”, Verônica, prima de Felipe, relatou que o estudante chegou em casa por volta de 01h da madrugada desta terça-feira (25), após ter sido encontrado no Pelourinho, na capital baiana, por policiais.

Segundo a jovem, o estudante pegou um transporte clandestino até o Pelourinho. Ela disse ainda que “policiais acharam estranho ele sozinho, quando Felipe pediu ajuda aos policiais”.

Os guerreiros compraram lanche pra o estudante e trouxeram para a Delegacia de Simões Filho, mas acabaram entregando Felipe aos familiares em casa. A família mora na Rua Bahia, no bairro Ponto Parada.

Grande foi a emoção da família. Na foto abaixo, podemos visualizar o pai Adailton Neris abraçando o filho.

20257981_257015488136560_1262094086376625595_n

Com certeza, “Deus colocou seus anjos que tocaram nos corações dos anjos aqui na terra e ainda concedeu escolta pra trazer o pequeno pra o seio da família.”

Felipe teria tido um desentendimento com a irmã, algo muito comum entre irmãos e teria ficado com medo da mãe brigar. O comportamento, provavelmente se deu por ser uma criança considerada pacífica e acompanha os pais à igreja.

“Ele prometeu que não vai fazer mais isso”, disse a prima.

A família agradece aos amigos e internautas que compartilharam nas redes sociais. Os bons pensamentos e orações contribuíram para que a proteção continuasse sendo mantida e a família pudesse dormir sossegada. “Deus guardou e o trouxe de volta ao seio de sua família”.

Entenda o caso:

Felipe após sair do Colégio Reitor Miguel Calmon, localizado no bairro em que mora, foi visto por um colega nas mediações do Condomínio João Filgueiras, por volta das 15h30 desta segunda-feira (24). O colega chegou a relatar a família que teria passado aparentemente assustado e andando rápido. Desde então, a família não teve mais informações.

A família chegou a registrar um B.O na Delegacia e pediram ajuda pelas redes sociais. O “Rede Imprensa” também reportou o caso. Felizmente, agora “tudo na sua perfeita paz”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s