Presidente de associação de trabalhadores rurais quilombolas é executado a tiros na Bahia

Postado em Atualizado em

O presidente da Associação de Trabalhadores Rurais da comunidade quilombola Jiboia, José Raimundo Mota de Souza Junior, foi morto a tiros, na última quinta-feira (13), após ser atingido enquanto trabalhava no campo ao lado do irmão e sobrinhos, no município de Antônio Gonçalves, no norte da Bahia.

0101

De acordo com a Comissão Pastoral da Terra Centro Norte/Diocese de Bonfim, a qual a vítima integrava, a família contou que um grupo de criminosos se aproximou do local onde José Raimundo trabalhava, em um carro, e atiraram contra ele. Ainda não há detalhes sobre a motivação e autoria do crime.

Segundo a comissão, a vítima fazia parte da coordenação estadual do Movimento dos Pequenos Agricultores na Bahia, participou do Curso de Formação Liderar e de Juristas Leigos, além de participar de ações que pediam pela regularização do território quilombola da comunidade dele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s