Temer suspende reajuste do Bolsa Família e alega falta de dinheiro para recuo

Postado em

O presidente Michel Temer decidiu suspender o reajuste do programa Bolsa Família, que pretendia ser anunciado em julho. Temer justificou o recuo devido à falta de verba. Segundo a Folha, o presidente queria aumentar em 4,6% o benefício como forma de ganhar popularidade. No entanto, a área econômica avaliou que, devido à crise financeira, não há espaço no Orçamento para a intenção.

Ainda segundo a Folha, Temer se reuniu na noite desta quinta-feira (29) com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, que comanda a pasta responsável pelo programa. No encontro, ficou acertado que o reajuste não podia ser feito como planejado.

Também não há data para que o caso seja discutido novamente. O Ministério do Desenvolvimento Social já comunicou à Caixa que não haverá mudança no valor dos pagamentos. Como forma de compensar a negativa de reajuste, o governo quer anunciar a inclusão de cerca de 150 mil novas famílias no programa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s